18 de setembro de 2014

Dez terreiros no Recôncavo baiano devem ser tombados



Foi aprovado nesta quarta-feira (17), durante sessão plenária do Conselho Estadual de Cultura, um parecer que solicita o tombamento e o registro especial de 10 terreiros de candomblé em Cachoeira e São Félix, no Recôncavo baiano. 

A proposta é resultado de uma análise feita pela Câmara de Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Natural, atendendo demanda do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultura (Ipac) para apreciar o pedido do registro especial desses espaços como patrimônio imaterial, uma vez que abrigam celebrações e tradições de grande valor histórico e cultural. 



A Câmara, no entanto, decidiu que, além da solicitação de registro especial, o tombamento é a melhor alternativa para garantir a proteção desses terreiros e a conservação dos seus espaços físicos. O parecer será enviado à Secretaria de Cultura da Bahia (Secult), que fará o encaminhamento ao Ipac. 


O registro especial prevê a preservação dos aspectos simbólico-culturais, zelando pelos bens intangíveis, como as manifestações populares e, neste caso, inclui os conhecimentos e as heranças simbólicas dessas matrizes culturais. Já o tombamento é voltado para a preservação física dos espaços, aos valores histórico, cultural, arquitetônico, ambiental e paisagístico.


É utilizado para bens culturais materiais, como imóveis e obras de arte. Os terreiros contemplados com a medida serão: Humpane Ayomo Huntólogi, Viva Deus (Asepó Eran Opé Olúwa), Aganju Didê, Raiz de Ayrá, Ilê Axé Ogunjá, Lobanekum, Ogodô Dey, Dendezeiro Incossi Mukumbi, Ilê Axé Itayle, Labanekum Filha. Bahia Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários postados pelos leitores são de responsabilidade dos respectivos comentaristas e não correspondem, à opinião dos autores do Santo Amaro Notícias.

Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas ou que possuam conteúdo ofensivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...