7 de abril de 2015

Coisa da Politica de Santo Amaro

A saúde de Santo Amaro está agonizando, a população está pedindo socorro, é inconcebível uma cidade com 65.000 não ter um hospital para atender as necessidades básicas de um cidadão que venha a precisar de um socorro, seja de urgências ou não.


A começar pelo fechamento do Hospital Otavio Pedreira, pois a firma que foi contratada para administrar a saúde do município, não tem a devida idoneidade para cumprir esta missão, pois ao receber um hospital sanado com suas obrigações e direitos, deteriorou ao longo dos meses em que esteve a frente da organização hospitalar, com a dilapidação do patrimônio publico, obrigando a fechar as suas portas.

Na Santa Casa, a situação é a mesma, com um precário atendimento, pois na falta de material e medicação, os funcionários estão fazendo milagre para salvarem vidas dos pacientes que procuram o hospital.

Ar condicionado quebrado, os poucos medicamentos que existem ficam exposto a raios solares, falta de forro nos colchões hospitalares, sujeiras em quase todos os setores, folha de pagamento em atraso com os meses de fevereiro e março, enfim, levando a Santa Casa para o mesmo destino do Otavio Pedreira, ou seja o fechamento.

E vem a pergunta principal, será que o Executivo o Legislativo conhecem o problema da saúde?


Aparentemente o Executivo esta pactuando com a APMI (Associação de Proteção a Maternidade e Infância), pois mesmo sabendo da grande dificuldade que se encontra a Santa Casa, depois da experiência do Hospital Otavio Pedreira, continua pactuando no repasse de verbas.

Quanto a Legislativo, a Câmara Municipal, criou uma “comissão da saúde”, onde foi designado o vereador Luciano Caldas (presidente) e Jair do Derba, comissão essa que iria “investigar” estado que se encontrava a saúde e a APMI (como se não soubessem).


O resultado desta “investigação” foi levada em plenário através do vereador Jair do Derba, informando aos vereadores que a comissão fez uma reunião com o Sub Secretario da SESAB, que iria liberar uma verba de R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais) a Maternidade Santo Amaro, pois alem de mostrar interesse, estava adimplente com o Estado, e sendo assim, teria idoneidade para administrar o Hospital Otavio Pedreira. 


A data de inicio desta administração seria no dia 1º. de abril de 2015. No dia 06 de abril de 2015, (segunda feira) dia de reunião semanal dos vereadores (sessão), fomos a Câmara Municipal para cobrar da “comissão da saúde” , principalmente com o relator vereador Jair do Derba que fez o pronunciamento em plenário, e, fomos informado que foi suspensa a sessão ordinária semanal, sem motivo aparente.

Passamos pelo Hospital Otavio Pedreira que continua as escuras, e chegamos a seguinte conclusão: O vereador Jair do Derba pregou uma peça na população com o seu "PRIMEIRO DE ABRIL".

Quem viver verá!!
Helio Defaria

6 comentários:

  1. Ano que vem teremos eleição para prefeito !!!

    ResponderExcluir
  2. Santo Amaro teve dois grandes prefeitos: Manoel Marques e Ricardo Machado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conheça muito mais, sobre o ex prefeito MANOEL MARQUES DA SILVA, antes de qualquer conclusão prematura, ele morreu ilibado.

      Excluir
  3. Manoel Marques e Padre Fenelon Costa, colocaram Santo Amaro nos trilhos, depois que os dois morreram, até os trilhos levaram

    ResponderExcluir
  4. santo amaro só teve um prefeito MANOEL MARQUES o resto é resto.

    ResponderExcluir

Os comentários postados pelos leitores são de responsabilidade dos respectivos comentaristas e não correspondem, à opinião dos autores do Santo Amaro Notícias.

Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas ou que possuam conteúdo ofensivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...