23 de maio de 2015

Câmara Federal pressiona governo pelo retorno das obras em Maragojipe


A comissão do Trabalho, Administração e Serviços Públicos (CTASP) da Câmara dos Deputados inspecionou o canteiro de obras do Estaleiro Paraguaçu, em Maragojipe, nesta sexta-feira (22). 

O maior investimento privado da Bahia nos últimos anos teve suas obras paralisadas devido à crise política e administrativa na Petrobras.

A comissão é presidida pelo deputado federal paraibado Benjamin Maranhão (SDD) e coordenada, na Bahia, por Bebeto Galvão (PSB), e a comitiva contou com o deputado federal Jorge Solla (PT), membro da comissão de Fiscalização e Controle, dos deputados estaduais Fabíola Mansur (PSB), Luciano Simões Filho (PMDB), além de prefeitos da região como Jorginho Castelucci, de Salinas, Duda Macedo, de São Felix,  Vera Lucia dos Santos, de Maragojipe e Arandas, de Jaguaripe.

Após uma audiência pública em Salinas das Margaridas, na Região Metropolitana de Salvador, a diligência quer reunir detalhes sobre a situação do empreendimento para exigir o retorno das atividades. A paralisação das obras gerou impactos por conta da demissão em massa dos trabalhadores.

Em seu período de pico, a obra chegou a gerar 7 mil empregos diretos. "Esse não é um empreendimento que interessa apenas os acionistas das empresas. O estaleiro é uma conquista da Bahia, portanto a bancada baiana no congresso precisa endurecer o jogo contra o governo até que a solução seja garantida.

Não podemos admitir que o maior empreendimento da Bahia se transforme no mais assustador elefante branco da história", afirmou Galvão. Segundo ele, para que as atividades sejam retomadas, o governo precisa cumprir o que foi prometido. "É preciso que o governo autorize o empréstimo através do Fundo da Marinha Mercante, que é específico para a estruturação de estaleiros, e esse investimento já foi inclusive aprovado, basta cumprir.

Além disso, é necessário que a Petrobrás reafirme seu compromisso para garantir os contratos, pois essa postura de não se posicionar só tem fomentado a insegurança econômica. A Petrobras precisa sair da posição de gato acuado", declarou.

Fonte: Bahia Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários postados pelos leitores são de responsabilidade dos respectivos comentaristas e não correspondem, à opinião dos autores do Santo Amaro Notícias.

Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas ou que possuam conteúdo ofensivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...