22 de maio de 2015

Na Bahia vacinação contra gripe é prorrogada até 5 de junho


Na Bahia, a 17ª Campanha de Vacinação contra a Influenza foi prorrogada até o dia 5 de junho na maioria das cidades, informou a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). 

No entanto, apenas em Salvador, a campanha continua até o dia 30 de maio, data que já estava programada, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS).


A campanha contra a gripe teve início no dia 4 de maio, e aconteceria nacionalmente até esta sexta-feira (22). As vacinas podem ser tomadas nas unidades de saúde.

De acordo com a Sesab, a medida de estender a ação até o dia 5 acontece na tentativa de alcançar a meta de imunizar 80% do público-alvo. O governo estadual acredita que as chuvas podem ter sido fator complicador para que as pessoas não comparecessem aos postos. 

Em toda a Bahia, a população que precisa ser vacinada chega a 3,3 milhões. Até esta sexta-feira, foram imunizadas 1.096.675 pessoas, num percentual de apenas 37,23%.

A Sesab orienta que todos os municípios devem intensificar as ações estratégias para que se possa alcançar a meta do Ministério da Saúde no estado. 

Fazem parte do grupo vulnerável as crianças de 6 meses a menores de 5 anos, doentes crônicos, idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, povos indígenas, gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto, presos e funcionários do sistema prisional, além da população indígena.

A população a ser imunizada no estado é estimada em cerca de 6,5 milhões de pessoas. A dose, via injeção, protege contra os subtipos do vírus influenza: H1N1, H3N2 e B.

Influenza

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que afeta o sistema respiratório e pode levar a complicações graves e até mesmo a morte, especialmente nos grupos de alto risco para as complicações da infecção (crianças menores de 5 anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais).

A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto à boca, olhos e nariz. A principal forma de prevenção é a vacinação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários postados pelos leitores são de responsabilidade dos respectivos comentaristas e não correspondem, à opinião dos autores do Santo Amaro Notícias.

Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas ou que possuam conteúdo ofensivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...