2 de setembro de 2015

TCM pune presidente da Câmara de S. Francisco do Conde


O vereador Robson Gomes Portugal, presidente da Câmara Municipal de São Francisco do Conde, terá que pagar multa de R$10 mil e ainda será denunciado ao Ministério Público Estadual por ter ignorado a exigência legal de licitação e contratado a empresa Singular Contabilidade Pública Eireli-ME para supostos “serviços técnicos especializados de assessoria e consultoria” sobre o Sistema de Gestão e Auditoria -SIGA, do Tribunal de Contas dos Municípios.

A punição foi determinada pelos conselheiros do TCM na sessão de segunda-feira, (01.09) em razão da falta de justificativa para a escolha do prestador de serviço – por inexigibilidade de licitação-, além do preço, um total de R$120 mil. 

No Termo de Ocorrência lavrado pela 1ª Inspetoria Regional de Controle Externo, que apurou a irregularidade constatou-se que o vereador Robson Portugal gastou, no exercício, R$794 mil em contratações sem a realização de concorrência pública.

Por isso a representação ao Ministério Público Estadual, para apuração de crime contra a administração pública.
Cabe recurso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários postados pelos leitores são de responsabilidade dos respectivos comentaristas e não correspondem, à opinião dos autores do Santo Amaro Notícias.

Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas ou que possuam conteúdo ofensivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...