20 de outubro de 2015

Crianças e adolescentes em situação de risco, com medida Judicial, terão Casa-lar em Santo Amaro


A partir deste mês, as crianças e adolescentes do município de Santo Amaro que forem afastadas do convívio familiar por medida de proteção Judicial por viverem em situação de risco, passarão a contar com um serviço que vai acolher e protegê-las por um período até que estejam em condições de voltarem a habitar, em segurança, no seio de uma família. 

Trata-se da Casa-Lar, que é um modelo de serviço de acolhimento que está sendo implantado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Igualdade Racial e Gênero, que será inaugurado no próximo dia 19, segunda-feira.


Segundo Débora Gomes, coordenadora do Serviço de Acolhimento para Criança e Adolescentes, instância da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Igualdade Racial e Gênero, a Casa-lar vai beneficiar o máximo de 10 crianças e/ou adolescentes de 0 a 18 anos incompletos, e em situação de risco pessoal e social, cujas famílias ou responsáveis encontram-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção.


Ela explica ainda que o atendimento do Serviço será prestado por uma equipe composta por coordenação, assistente social e psicólogo, lotados na Secretaria de Desenvolvimento Social que prestará acompanhamento aos acolhidos e seus familiares, trabalhando na perspectiva de desacolher em segurança a criança ou adolescente o mais rápido possível, com a reinserção destes na família de origem ou extensa ou ainda adoção.

A equipe contará ainda com residentes e auxiliares vão cuidar, proteger e orientar as crianças e/ou adolescente enquanto estes estiverem na casa-lar.

 “Ressaltamos que a Casa-lar é de extrema relevância para a população, visto que existe a demanda pelo Serviço, pois, atualmente há munícipes abrigados fora da cidade, e o acolhimento na cidade de origem garante, entre outras coisas, o direito a convivência familiar e comunitária e a manutenção de vínculos”, explicou Débora, ressaltando que no equipamento só serão aceitos para acolhimento crianças e adolescentes por determinação do Poder Judiciário ou, em caráter de urgência, por requisição do Conselho Tutelar.

Os interessados em conhecer o Serviço, devem procurar o Serviço de Atendimento para Criança e Adolescente, na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. “A equipe do Serviço de Acolhimento presta atendimento desde março deste ano no prédio da Secretaria, na Praça da Purificação, nº 12”.

(Fonte: Ascom da Prefeitura - UPB).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários postados pelos leitores são de responsabilidade dos respectivos comentaristas e não correspondem, à opinião dos autores do Santo Amaro Notícias.

Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas ou que possuam conteúdo ofensivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...