18 de dezembro de 2015

Canal da Pitanga transborda e causa prejuízos em Santo Amaro

Na madrugada desta sexta feira,18 de dezembro de 2015, o canal que corta a comunidade da Pitanga, conhecido com “FALHA” no distrito da Pedra, transbordou e alagou dezenas de sítios, causando enormes prejuízos e deixando moradores desabrigados.
A causa do transbordamento, foi o acumulo de lixo, que obstruiu a boca do canal, segundo representante da Embasa os senhores Evaristo e Everaldo do setor de saneamento, afirmaram que tal lixo não é natural da corrente das águas, sendo que a manutenção e limpeza é feita periodicamente, e que o material retirado são apenas algas, e desta vez tinha muito mato, palhas de coqueiros e outros objetos. Abrindo-se uma suspeita de sabotagem.

Ao mesmo tempo a Comunidade da Pitanga, que margeia o referido canal, sofre com o desabastecimento, já que não possuem ligações de água para seus sítios. Muitos deles adotam o uso de bombas para retirar do canal água para seus consumos.
Inúmeras solicitações e reivindicações já foram feitas para o órgão no sentindo de ter solucionado esse problema, mas até a presente data nenhuma providencia concreta foi tomada para que houvesse um sistema de abastecimento digno de água potável para localidade.” É como morrer de sede em frente ao Mar, Por isso usamos a bomba para retirar água para nosso consumo” relatou a moradora Marilene Santos.
Na ultima Quinta-Feira após uma fiscalização de Rotina uma das Bombas foi retirada e apreendida por um dos Fiscais que é responsável pela manutenção do Canal, o que causou revolta da comunidade. Pois deixou dezenas de pessoas sem água. Após a Tragédia dessa Madrugada a Embasa foi ao local pela manhã para fazer a limpeza do canal, que teve suas águas represadas, mas a comunidade impediu e fez um protesto solicitando que um engenheiro estivesse presente para solucionar o problema do abastecimento, o clima ficou tenso e a Policia Militar teve que ir ao local para acalmar e entrar em negociações com os moradores.
Após Varias horas de negociações, entre o representante da comunidade Joaquim, o representante da firma responsável pela Limpeza o Sr. Edvaldo, e os representantes da Embasa Evaristo e Heraldo, a comunidade resolveu deixar que a limpeza do canal fosse realizada para que as águas voltassem a ser liberada. Uma das bombas apreendidas foi liberada, sob a promessa da presença dos Engenheiros da Embasa que estava indo para o local. Os prejuízos causados são enormes, o Senhor Jailton Silva de 44 anos que mora próximo ao canal esta com a sua casa alagada com mais de 2 metros de água, teve perda total de moveis, eletrodoméstico e roupas, encontra-se desabrigado e sem ter para onde ir.
O Sitio de Dona Maria do Carmo teve seu muro lateral destruído, além de perda total do seu portão eletrônico. A pequena loja de material de Construção de Senhor Francisco, Teve areias, britas e tijolos levado pela enxurrada, os moradores agora querem saber que irá ressarcir os prejuízos. A comissão de Moradores estão aguardando a chegada dos Engenheiros da Embasa para que uma solução seja dada, sob a ameaça de que se nada aconteça novas manifestações sejam realizadas, com uma possível obstrução do canal.

Um comentário:

  1. É como morrer de sede, em frente ao canal de água doce. Um contraste.

    ResponderExcluir

Os comentários postados pelos leitores são de responsabilidade dos respectivos comentaristas e não correspondem, à opinião dos autores do Santo Amaro Notícias.

Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas ou que possuam conteúdo ofensivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...