19 de março de 2016

Sergio Cardozo um exemplo de jornalista

Nos tempos turbulentos que voga a mídia atual no Século XIX, precisamos buscar modelos firmes de conduta, coisa rara de se encontrar, mas felizmente Santo Amaro / Berimbau (Conceição do Jacuípe) tem um dos maiores nascidos em suas próprias terras.
Sergio Cardozo prefigurou nos séculos XIX e XX esse modelo aguerrido de jornalista: abolicionista no tempo da escravidão; republicano no tempo do império e atuante depois da vitória.

Atuante abolicionista, que junto com José do Patrocínio se utilizou de jornais e impressos para combater a escravidão, após conseguida a libertação continuou na lida jornalística, ao contrario do amigo José do Patrocínio que perdeu o rumo, se dedicando a projeto infrutífero.
Como republicano, no período do império, hoje ele seria chamado de “golpista”, mas como jornalista ele era consciente de que divulgar ideias não é golpe e sim apenas o ato de libertar as pessoas para escolherem livremente entre opções.
Coincidentemente um jornal que ele trabalhava, repentinamente passou a ser mais amigável ao império, após alguns favores imperiais, coisa que fez imediatamente Cardozo se afastar deste jornal.
Cardoso em seus mais de 70 anos de vida atuou como jornalista em Salvador, Rio de Janeiro, Feira de Santana e já consagrado retorna a Santo Amaro / Berimbau (Conceição do Jacuípe) continuando seu trabalho vocacional de jornalista trabalhando em jornais em sua terra natal, O Prélio (a luta) em Santo Amaro e a Sineta (jornal de linguagem satírica).
Os feitos de Sergio Cardozo, este ilustre e um dos maiores dos brasileiros, desconhecido atualmente esta relatado em uma matéria no nosso site. Click aqui e saiba mais.

Quem viver verá!!

 Helio Defaria

8 comentários:

  1. SERGIO CARDOSO, nasceu em 1858, faleceu em 1933. Conceição de Jacuípe foi emancipado de Santo Amaro em 20/10/1961 onde está a compatibilidade de nascimento? É possível, um filho contar a história de seu pai, antes de nascer?

    ResponderExcluir
  2. Respondam se forem capazes, GENEBALDO CORREIA, nasceu em Santo Amaro da Purificação ou em Conceição de Jacuípe?

    ResponderExcluir
  3. Lembrando que BERIMBAU, era um povoado, passou a distrito pertencente a Santo Amaro da Purificação, uma nova história começa a partir da sua emancipação, em 20/10/1961 com um novo nome de Conceição de Jacuípe. Qualquer fatos antes desta data, pode ser considerado,(deu a louca na História).

    ResponderExcluir
  4. O Prélio (a luta) em Santo Amaro e a Sineta (jornal de linguagem satírica).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São três jornais da época O PRÉLIO, A LUTA, A SINETA, em circulação entre o século XIX, meado do século XX.

      Excluir
  5. SERGIO CARDOSO, escrevia em qual jornal em Feira de Santana em que ano?

    ResponderExcluir
  6. Lembrando que SANTO AMARO DA PURIFICAÇÃO, foi elevada a cidade em 13 de Março de 1837, com título de CIDADE LEAL E BENEMÉRITA, Honra Imperial. 21 anos depois, nasceu o jornalista Sergio Cardoso, 103 anos depois, nasceu Conceição de Jacuípe, tem sentido?

    ResponderExcluir
  7. Com a morte de Pedro Tomás Pedreira, Zilda Paim e outros abnegados em preservar a verídica História de Santo Amaro da Purificação, o município sente a falta destes abnegados em continuar estes trabalhos árduos de preservação. Por outras lado, a cada dia (histórias esdrúxulas), surgem incompatível com nossas histórias, sem ter quem a defenda.

    ResponderExcluir

Os comentários postados pelos leitores são de responsabilidade dos respectivos comentaristas e não correspondem, à opinião dos autores do Santo Amaro Notícias.

Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas ou que possuam conteúdo ofensivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...