18 de maio de 2016

Maternidade referência de Santo Amaro deixa de atender pelo SUS


A Maternidade de Santo Amaro, que vai completar 80 anos no dia 7 de junho, deixou de atender pelo Sistema Único de Saúde (SUS) desde 1° de abril deste ano, segundo informações da gerente administrativa da instituição filantrópica, Eliete Silva da Cruz.

O G1 tentou contato com a prefeitura da cidade, mas não foi atendido. Contudo, por meio de nota publicada em seu site, a prefeitura informa que o prédio onde funciona outra unidade de saúde.



Hospital da Santa Casa, passa por reformas, e que lá funcionará um centro obstétrico, com ala de pediatria e centro cirúrgico. A nota não informa a previsão de quando o centro começará a funcionar.

Conforme o gestor da Maternidade de Santo Amaro, Regival Souza, a decisão de suspender o atendimento pelo SUS foi tomada após a prefeitura ter solicitado do Estado o Comando Único da Saúde, com a finalidade de ter gerência sobre as verbas do SUS. 

Apesar da transferência de gestão das verbas ter ocorrido no início do mês de fevereiro, a instituição ainda fez 22 partos em março.

Por meio de nota, a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) confirmou que, desde 2 de fevereiro, o município de Santo Amaro passou a ter gestão plena da Saúde.


Deste modo, o órgão destaca que o repasse dos recursos do SUS é feito diretamente do Ministério da Saúde para a Secretaria Municipal da Saúde de Santo Amaro.

O problema, segundo Regival, é que antes o município recebia verba dos governos federal e estadual, e após solicitar o Comando Único da Saúde, passou a contar somente com a receita advinda do governo federal.

"A prefeitura solicitou o Comando Único e acabou perdendo R$ 300 mil [quantia aportada pelo estado], enquanto antes recebia R$ 700 mil. A prefeitura foi alertada pelo estado de que isso ocorreria e ainda assim o fez", afirma o presidente da maternidade.

Souza afirma que a maternidade recebia mensalmente, por meio do estado, R$ 98 mil. Após a mudança, ele destaca que a prefeitura fez uma nova proposta para a instituição, oferecendo R$ 41 mil. A gerência da maternidade não aceitou a oferta.


Dos R$ 41 mil oferecidos na nova proposta, Souza conta que R$ 21 mil são referentes a incentivos da União. "O valor é um incentivo que a maternidade tem. 


Caso não faça contrato com o município ou estado, esse valor volta para União. Então, na verdade, a prefeitura só quer aportar R$ 20 mil, o que não dá nem para pagar a folha de técnicos de enfermagem", destaca.

Conforme a presidência da maternidade, a prefeitura assumiu o Comando Único da Saúde no dia 1º de fevereiro de 2016. Desde então, a instituição filantrópica estaria sem contrato.


O Hospital Maternidade é a única unidade de saúde que presta serviço de assistência ao parto/nascimento, além de urgência e emergência em obstetrícia, no município de Santo Amaro. De acordo com o presidente da maternidade, a unidade realiza cerca de 58 partos por mês.

Fonte: G1

12 comentários:

  1. a decisão de suspender o atendimento pelo SUS foi tomada após a prefeitura ter solicitado do Estado o Comando Único da Saúde, com a finalidade de ter gerência sobre as verbas do SUS.
    antes o município recebia verba dos governos federal e estadual, e após solicitar o Comando Único da Saúde, passou a contar somente com a receita advinda do governo federal.
    É cada decisão que esse que se diz gestor toma viu.
    Deixar de ter recebimento do estado e do governo federal para receber apenas do Governo Federal, sendo que o valor do Estado/m~es era de 98mil e com a mudança passaria a receber apenas 41mil, valor de proposta da prefeitura.
    Absurdo isso nesta cidade.
    Tem que acionar o Ministério Público

    ResponderExcluir
  2. S.O.S. PARA UM MUNICÍPIO, CUJO NOME, CHAMAM DE SANTO AMARO, MORA GENTE LÁ? NÃO SEI! DAR A IMPRESSÃO QUE NÃO.

    ResponderExcluir
  3. Se a Maternidade de Santo Amaro, vai completar 80 anos,cadê os direitos dos idosos, nem a velhice respeitam mais.

    ResponderExcluir
  4. A decisão de suspender o atendimento pelo SUS foi tomada após a prefeitura ter solicitado do Estado o Comando Único da Saúde, com a finalidade de ter gerência sobre as verbas do SUS.

    ResponderExcluir
  5. O Hospital Otávio Pedreira, atendia pelo SUS, não atende mais, o Hospital Maternidade de Santo Amaro, também não vai atender mais pelo SUS, que gestão é esta, que ao invés de SOMAR ou MULTIPLICAR, esta subtraindo a troco de quer, se o futuro só a DEUS PERTENCE, SEM DEUS TODO PODEROSO, NADA ADIANTA.

    ResponderExcluir
  6. A prefeitura ter solicitado do Estado o Comando Único da Saúde, com a finalidade de ter gerência sobre as verbas do SUS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SUS - Sistema Único de Saúde - BRASIL. CUS - Comando Único de Saúde - PREFEITURA DE SANTO AMARO.

      Excluir
  7. Atitude com requinte das mais pura maldade, JESUS CRISTO É A LUZ.

    ResponderExcluir
  8. Aonde estão as autoridades que não vêem esse tipo de coisa? Na hora de pedir voto e fazer campanha todos sabem. O povo de Santo Amaro tem que acordar e não colocar mais buchas na prefeitura.

    ResponderExcluir
  9. Alô meu SANTO AMARO! está sempre se enrolando, com problemas de fácil solução, deste jeito, não há jeito, o tempo está a cima de tudo e de todos.

    ResponderExcluir
  10. Já observamos, que as instituições pertencentes ao Governo do Estado da Bahia, estão sendo desativados no município de Santo Amaro, qual a finalidade? Beneficiando a quem?

    ResponderExcluir
  11. SANTO AMARO DA PURIFICAÇÃO, NÃO TEM DONO! O POVO E OS TEUS MILHARES DE SIMPATIZANTES, SÃO PATRIMÔNIO DESTA TERRA DO MASSAPÊ, OS QUE PENSAM DE MANEIRA CONTRÁRIA, SÃO APENAS NUVENS PASSAGEIRAS, PRINCIPALMENTE OS QUE TIVERAM COMPORTAMENTO CONTURBADO, NUMA SOCIEDADE ORDEIRA E TRANQUILA.

    ResponderExcluir

Os comentários postados pelos leitores são de responsabilidade dos respectivos comentaristas e não correspondem, à opinião dos autores do Santo Amaro Notícias.

Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas ou que possuam conteúdo ofensivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...