3 de junho de 2016

Condutores de motos de 50 cilindradas sem habilitação passarão a ser multados


Desde o dia (1º), o condutor das motos "cinquentinha" também vai precisar de carteira e o pior é que pouca gente até agora foi atrás para tirar esse documento.

O ciclomotor vem sendo adquirido porque não precisava de carteira para pilotar. Mas agora quem roda por aí nessas motos também conhecidas como "cinquentinhas", por causa das 50 cilindradas, vai ter que tirar uma ACC, Autorização para Conduzir Ciclomotor. É uma habilitação específica para esses veículos.



A exigência da habilitação deveria ter entrado em vigor em fevereiro, mas o Conselho Nacional de Trânsito voltou atrás e prorrogou o prazo. Agora é para valer. A partir desta quarta-feira (1º), quem for flagrado pilotando um ciclomotor sem a documentação exigida vai ter dor de cabeça. A multa prevista é de R$ 574, além da apreensão do veículo. A infração é gravíssima.

"Hoje, 70% das vítimas de trânsito são provenientes de ciclomotores e motocicletas. Então é importante que eles estejam habilitados para não poder superlotar nossos hospitais e proteger as vidas", afirma o diretor do Detran-BA, Lúcio Gomes.

O custo pode chegar a quase R$ 1.500, incluindo aulas, provas e taxas, o mesmo que se paga por uma habilitação categoria A, que dá direito a pilotar qualquer moto. O diretor acha que não compensa.

"Mesmo custo, mesmo trabalho, mesmas provas, então não é viável", declara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários postados pelos leitores são de responsabilidade dos respectivos comentaristas e não correspondem, à opinião dos autores do Santo Amaro Notícias.

Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas ou que possuam conteúdo ofensivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...