17 de agosto de 2016

Governo inaugura unidade de beneficiamento de mariscos em Saubara



A vida dos pescadores e marisqueiras que dependem do mar mudou no povoado de Bom Jesus dos Pobres, no município de Saubara, no Recôncavo Baiano, onde o Governo do Estado inaugurou uma unidade de beneficiamento de mariscos nesta quarta-feira (17/08/16).

O equipamento foi entregue para a Associação das Marisqueiras e Pescadores de Bom Jesus dos Pobres pelo secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Álvaro Gomes, com a presença da secretária de Políticas para as Mulheres, Olívia Santana.


A unidade beneficia 400 famílias, como a da marisqueira Naíse Chaves, 36 anos, casada com Adriano Carvalho, 33, que também é pescador, e mãe de sete filhos. “O trabalho na maré é duro. É difícil colocar o alimento na mesa, mas foi assim que meu pai me criou e é assim que crio meus filhos”, diz a marisqueira. 
 
Diariamente, às 6h, Naíse já está na maré e antes do meio-dia chega em casa, mas às vezes é preciso voltar ao mar à meia-noite para pescar siri. “Depois tem que tratar os mariscos. Com essa unidade vai melhorar a vida de muitos pescadores e marisqueiras, vai aumentar a renda e vou terminar de construir minha casa”.

A unidade de beneficiamento possui cinco freezers, geladeira duplex, máquinas de fazer gelo, embaladora e seladora, além de equipamentos de informática e escritório. A presidente da associação, Laudelina Ferreira, comemora. “Com essa unidade, nós não vamos mais precisar vender para atravessadores. Muitas de nós trocávamos os mariscos por outros alimentos. 
 
Agora teremos mais independência. Vamos poder tratar, beneficiar e vender nossa produção e oferecer um produto com a garantia de melhor qualidade. As embalagens e rótulos vão facilitar para vender para peixarias e supermercados. O objetivo é crescer”, afirma Laudelina.


Edital

Segundo o secretário Álvaro Gomes, a associação foi contemplada por meio de edital que deu oportunidade para 13 projetos. “Este foi um deles, na área de beneficiamento de frutos do mar. Foram investidos R$ 90 mil, que terão um aproveitamento extraordinário para essa comunidade. 
 
Esta é a lógica da economia solidária, que nós devemos trilhar para gerar emprego e renda. O governador Rui Costa tem feito este esforço para gerar emprego e renda e construir uma sociedade mais justa”, explica Gomes.

A associação participou com outras 75 organizações sociais do Edital 001/2012 de Apoio a Projetos Produtivos para Mulheres Rurais, que selecionou um total de 34 organizações sociais de 27 municípios baianos. 
 
As instituições contempladas dividiram o montante de R$ 3 milhões, sendo R$ 1,4 milhão destinados à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), R$ 1,2 milhão à Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri) e R$ 400 mil à Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM), divididos em duas parcelas em todos os casos.


Repasses

Os benefícios do Governo do Estado foram repassados para as entidades de acordo com os requisitos do edital. O valor de cada projeto corresponde à quantidade de mulheres no grupo, sendo R$ 3 mil por integrante. O valor total ficou entre R$ 30 e R$ 90 mil para cada instituição selecionada. 
 
Os recursos são oriundos do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza do Estado da Bahia (Funcep), do Tesouro do Estado e de outras fontes captadas pelo Estado da Bahia, sob a forma de doação ou empréstimo.



Fotos: Carla Ornelas/GOVBA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários postados pelos leitores são de responsabilidade dos respectivos comentaristas e não correspondem, à opinião dos autores do Santo Amaro Notícias.

Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas ou que possuam conteúdo ofensivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...