22 de outubro de 2016

Justiça decreta prisão preventiva de empresários investigados pela “Operação Adsumus”

Resultado de imagem para adsumus santo amaro
Investigados pela “Operação Adsumus”, os empresários Paulo Sérgio Soares Vasconcelos, Roberto José Oliveira Santana e Jachson Rocha Azevedo tiveram as suas prisões preventivas decretadas, dia 20, pela Justiça. 
As prisões foram requeridas pela 1ª Promotoria de Justiça de Santo Amaro e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco) em prosseguimento às ações da operação, que desvendou um esquema fraudulento que causou um prejuízo de aproximadamente R$ 24 milhões aos cofres públicos do Município de Santo Amaro. 

As prisões deferidas pela Justiça visam impedir que os empresários, soltos, “furtem-se da aplicação da lei penal, bem como inviabilizem o desfecho da investigação”.
Cecom/MP - Telefones: (71) 3103-0446 / 0449 / 0448 / 0499 / 6502

4 comentários:

  1. Parabens ao ministerio publico e gaeco eles tem que devolver o dinheiro e ficar Presso

    ResponderExcluir
  2. Parabenizamos a primeira Promotoria de Justiça de Santo Amaro e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais, por este ato de grande bravura, em defesa do nosso povo.

    ResponderExcluir
  3. GAECO NELES, E PRISÃO TAMBÉM, COM DEVOLUÇÃO DO DINHEIRO DO POVO DE SANTO AMARO DA PURIFICAÇÃO, BANDO DE HONESTOS.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns, senhores promotores , senhores da polícia federal belicismo trabalho , nosso povo de santo Amaro da purificação ,(BA) agradecemos pela investigação , cadeia nos acusados.

    ResponderExcluir

Os comentários postados pelos leitores são de responsabilidade dos respectivos comentaristas e não correspondem, à opinião dos autores do Santo Amaro Notícias.

Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas ou que possuam conteúdo ofensivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...