30 de outubro de 2017

Morre aos 60 anos o ex-deputado estadual Paulo Anunciação


Foto: Reprodução / Twitter @PauloCombate


O ex-deputado estadual e ex-vereador Paulo Anunciação faleceu na manhã desta segunda-feira (30), aos 60 anos. Após alguns dias internado, ele teve uma parada cardíaca e não resistiu. 

Natural de São Félix, no Recôncavo baiano, Anunciação foi atuante no movimento sindical, mais especificamente do ramo da limpeza, e também era ativo militante do Movimento Negro Unificado, tendo sido secretário municipal e estadual de Combate ao Racismo. “Paulo era um companheiro doce, com uma forte empatia.


Nunca deixou de defender os seus ideais. Colaborou com as gestões petistas em Santo Amaro da Purificação. Lutador de primeira grandeza, militava na reestruturação do PT em sua terra querida”, afirma o petista Robinson Almeida, que lembrou um episódio dramático sofrido pelo ex-parlamentar como ativista. 

“Numa greve geral, ficou marcada no coração de todos humanistas a dura repressão praticada contra Paulo pela polícia, que além de espancá-lo violentamente, cortou seus cabelos rastafári”. O ex-deputado estadual do PT, Paulo Anunciação, morreu aos 60 anos, na noite deste domingo (29). O ex-parlamentar sofria com problema renal e morreu vítima de parada cardíaca. 

Ele foi também vereador pelo PT e participou da fundação do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Urbana da Bahia (Sindilimp-BA). Além disso, foi secretário estadual de Combate ao Racismo do PT. O enterro será na tarde desta segunda-feira (30), em Santo Amaro, no Recôncavo da Bahia.

O vereador Luiz Carlos Suíca (PT) lamentou o falecimento e promete fazer discurso em homenagem ao ex-sindicalista, na sessão ordinária desta segunda-feira (30).

“Um dos ícones do Partido dos Trabalhadores no estado e símbolo da resistência à opressão do povo negro e pobre. Paulo Anunciação deixa um importante legado de valorização do ser humano e era reconhecido pelo seu perfil aguerrido e lutador.

Ele é um grande exemplo de luta dos trabalhadores de limpeza”, lamentou Suíca, que é padrinho de dois filhos do ex-sindicalista Paulo Anunciação. “Ele é parte do que eu sou. É uma grande perda. Lamento muito também em nome de toda a família Sindilimp-BA”, disse Suíca.

Segundo Suíca, durante a gestão em Salvador do ex-prefeito Antônio Imbassahy, quando 4.741 trabalhadores terceirizados foram demitidos, Paulo Anunciação foi duramente agredido na mobilização em defesa dos funcionários. 

Foi espancado por um grupo de policiais militares e teve o seu cabelo rastafári cortado. “Outra luta nossa foi para que os seus agressores fossem exemplarmente punidos. A Justiça os condenou em primeira instância”, lembra o vereador.

2 comentários:

  1. Pietro da Silva30/10/2017 17:15

    Descanse em paz Paulo.

    ResponderExcluir
  2. Esse mesmo Imbassahy continua fazendo miséria em Brasilia ao lado do presidente golpista. Tem politicos em Santo Amaro que apoia ele.

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas caluniosas, defamadoras, Inadequadas ou que possuam conteúdo ofensivo.

Os comentários postados são de inteira responsabilidade dos respectivos comentaristas e não correspondem, à opinião dos autores do Santo Amaro Notícias.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...