29 de janeiro de 2018

Tradicional Lavagem da Purificação de Santo Amaro


Mesmo com a Igreja de Nossa Senhora da Purificação estando interditada para restauração, no domingo (28/01) aconteceu a tradicional Lavagem da Purificação em Santo Amaro, com baianas com alfazemas, água de cheiro e flores nas mãos.

Mas nem por isso houve perda do entusiasmo, e o cortejo que contou com a presença de centenas de pessoas de todas as partes da Bahia, e que todos anos buscam as bênçãos de nossa Senhora da Purificação e lotam as ruas da cidade criando um clima de paz e harmonia inigualável.



A lavagem que é o ponto alto da festa marca o período de três dias da Festa da Purificação 2018, que começou na último sábado e continua no dia 02 de fevereiro com shows e outras manifestações da cultura regional.





No palco se apresentaram no sábado (27/01) o grupo M do Samba, Paulinho Guimarães, Ismael Silva, Edson Gomes e Bandalla.



No domingo após a lavagem, no circuíto de trios a festa contou com shows de Lá Furia, Armandinho, Bahiaelétrica, Coreto Elétrico. No palco apresentaram-se Filhos de Nagô, Samba de Nicinha, Luiz Caldas e finalizando a noite com Guig Guetto. 

Na sexta-feira (02/02), dia da procissão, no palco a festa será com a Banda Jucy, Mariene de Castro e Caçamba Azul.

23 comentários:

  1. A matriz foi inaugurada em 18 de Outubro de 1700, portanto vai completar 318 anos, estabelecida no solo do massapê.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo começou em 1608, quando ergueram uma capela no lugar conhecido com CAIEIRA (fabrica de cal) e caiu com o tempo, em seguida construíram um majestoso templo a mais de uma légua distante deste local. ELES, ESTÃO CONTANDO A ESTÓRIAS DELES, DEPOIS DA HISTÓRIAS REGISTRADAS EM PORTUGUAL, CONFIRA.

      Excluir
  2. O CHARANGAÇO DA PURIFICAÇÃO, foi o máximo com sete contra baixos, estava pra lá de Marrakech, Santo Amaro! Minha terra querida.

    ResponderExcluir
  3. Zilda Paim e Pedro Tomás Pedreira, afirmam que a matriz de N. S. da Purificação foi inaugurada em 18 de outubro de 1700, já apareceu outra historia bem diferente da História habitual, será que os Historiadores Santoamarenses estão faltando com a verdade?

    ResponderExcluir
  4. O charangaço da Purificação, foi pura emoção, tinha inglês, francês, dinamarquês, holandês até alemão, todos com o cavalinho de flecha na mão.

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente, quando Senta Amaro elegeu um bom prefeito, elegeu os piores vereadores da Historia. Mas, vamos que vamos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi (Senta Amaro) que elegeu um bom prefeito, Santo Amaro está muito longe desta façanha.

      Excluir
  6. Adorei!!! A CHARANGA PRINCIPAL ESTÁ DE PARABÉNS, VOCÊS ARRASARAM MENINOS DE OURO!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Os últimos bons prefeitos eleitos pelo povo de Santo Amaro foi em 1966, trata-se de Renato Leoni e seu antecessor 1962, Manoel Marques da Silva, justiça seja feita, o resto só foi bomba, ou melhor (HOMENS BOMBA) detonadores de gerações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesta época os analfabetos e outros não votavam.

      Excluir
  8. E os professores contratados com vários meses atrasados, a foi uma maravilha.

    ResponderExcluir
  9. O Prefeito é irresponsável e os vereadores que são culpados sozinhos, nada disso, esse é o prefeito, juntamente com pior câmara.

    ResponderExcluir
  10. seguramente, Flaviano, o pior prefeito de Santo Amaro.
    Não merecemos isso.
    Que Nossa Senhora nos livre logo dessa praga, chamada Flaviano, e que o Mandacaru tire os espinhos e faça um governo.

    ResponderExcluir
  11. Todos dizem que Flaviano o pior PREFEITO e Justino o pior VICE, na câmara tem os piores VEREADORES, então é possível justificar que no Brasil de todos os municípios, Santo Amaro onde estão os piores ELEITORES.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não são poucos os eleitores que troca seu voto por uma dose de pinga, baratinho, baratinho.

      Excluir
  12. A lavagem da Purificação, foi das primeiras do estado da Bahia desde os tempos colonial, onde o "Cavalinho de Flecha" representando a fartura dos canaviais na tua pujança, o chapéu de palha fruto do artesanato escravo para a proteção do sol e o vinho branco (distribuição gratuita) para alegrar os corações de quem participavam, herança desde os tempos da escravidão, sem falar das baianas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns pela aula!

      Excluir
    2. Nos últimos dez (10) anos, "lavagem com baianas" passou a ser corriqueiros em muitas cidades, distritos, arraial, povoados fazendas e outros, dando a entender que as poucas tradicionais e centenárias lavagens, não tem fundamentos algum e por isso a confusão do mau entendido.

      Excluir
    3. Com tudo isto, tentam confundir a "LAVAGEM DA PURIFICAÇÃO" de Santo Amaro, com as LAVAGENS ANÔNIMAS praticadas por aí a fora.

      Excluir
    4. Há poucos mais de dez anos, surgiu esta febre das LAVAGENS GENÉRICAS.

      Excluir
  13. Excelente analogia. Difícil é uma "camera de veriadores" como essa... sim é escolha soberana do nosso povo, são legítimos. Só o tempo, time of time...

    ResponderExcluir
  14. GENÉRICO: No entendimento popular significa, imitação, cópia, simulação, segunda classe ou vontade de ser.

    ResponderExcluir
  15. Enquanto Caetano Veloso procura traduzir SANTO AMARO DA PURIFICAÇÃO, segundo trecho na tua música TRILHOS URBANOS, a politicagem por falta de conhecimentos, sensibilidades, e outras coisas mais, estão fazendo de tudo para interomper esta tradução.

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas caluniosas, defamadoras, Inadequadas ou que possuam conteúdo ofensivo.

Os comentários postados são de inteira responsabilidade dos respectivos comentaristas e não correspondem, à opinião dos autores do Santo Amaro Notícias.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...