25 de janeiro de 2019

ALBA LANÇA MANUAL DE REDAÇÃO E ESTILO

O Manual de Redação e Estilo da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), criado pelo Departamento de Taquigrafia (Detaq) da Casa, foi lançado nesta quinta-feira no Saguão Nestor Duarte. Projeto realizado nos últimos dois anos, tem a sua primeira etapa entregue agora, com conteúdo e regras gramaticais estabelecidas para a padronização da escrita na ALBA. 

Em seu discurso, o chefe de gabinete da Presidência, Márcio Barreto, ressaltou a importância do trabalho realizado pelo Detaq, que será distribuído a todos os departamentos da ALBA e estará disponível para consulta ou download no portal da Assembleia e nas plataformas Albanet e AlbaVox.

“É um passo importante para a Casa e para a administração do presidente Angelo Coronel. Não só por valorizar a Taquigrafia, como também deixar aqui a sua marca registrada como inovadora. Infelizmente não deu para a gente finalizar todo o projeto, no quesito do virtual, mas ficará a semente, para que todo projeto seja digital e que a gente possa transformá-lo em um aplicativo”, declarou Márcio.
A gerente do Detaq, Marilanja Pereira, elogiou o trabalho coeso da comissão que foi formada para a realização do projeto, tendo em sua equipe as coordenadoras do Departamento de Taquigrafia, Mirela Novaes e Vera Simões, e os revisores Marcos Veiga e Guido Krieguer. Marilanja deu um destaque ainda mais especial ao trabalho dos revisores Daniela Americano e Sidney Matos, responsáveis por toda a pesquisa.

“Quando começamos essa produção, percebemos que toda a Casa precisava ter esse manual. Geralmente, nós pesquisávamos através de outras fontes, como o Congresso Nacional, o Senado, a Presidência, a Folha de São Paulo. Percebemos que isso não podia acontecer em uma Casa como a nossa, com mais de cem anos de existência. Então, pesquisamos de outras fontes, criando a nossa fundamentação teórica a partir de gramáticos renomados, a exemplo de Celso Cunha e Evanildo Bechara, além de manuais de outras instituições”, explicou Marilanja. 

Segundo a coordenadora de Apoio e Revisão, Mirela Novaes, a segunda etapa do projeto tratará da formatação de documentos. Nessa fase, outros departamentos da Casa contribuirão na elaboração do texto.

O manual fica, inicialmente, disponibilizado na internet, mas, segundo Mirela, será impresso na Empresa Gráfica da Bahia (Egba), assumindo o formato de livro, que será distribuído a todos os setores da ALBA. “É muito importante, numa Casa que produz leis, que produz textos o tempo inteiro, todo mundo ter um documento em que possa se basear. Então, é um sonho mesmo”, concluiu Mirela. Estavam presentes também na cerimônia o superintendente parlamentar e ex-deputado, Clóvis Ferraz, e o filho dele, Rodolfo Ferraz, ex-superintendente parlamentar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários serão moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas caluniosas, defamadoras, Inadequadas ou que possuam conteúdo ofensivo.

Os comentários postados são de inteira responsabilidade dos respectivos comentaristas e não correspondem, à opinião dos autores do Santo Amaro Notícias.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...